Artigos

A Familia Muçulmana

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Todos nós sabemos como é importante ter uma boa e sólida relação com nossos filhos. Esta é a porta principal que nos permite navegar por suas personalidades e compreendê-los melhor e que nos leva a ter uma família estável e melhor. A seguir, damos 20 conselhos simples e eficazes que ajudarão no desenvolvimento de uma relação excelente com nossos filhos.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

No Islam não existe qualquer diferença entre homens e mulheres, uma vez que as relações entre eles foram estabelecidas por Deus, que prometeu a mesma recompensa pela prática do bem e a mesma punição pela prática do mal.


O Alcorão, ao dirigir-se aos crentes, muitas vezes usa a expressão "os fiéis e as fiéis" para salientar a igualdade entre homens e mulheres, no que se refere aos seus respectivos deveres, direitos e méritos.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

É importante lembrar que Deus diz no Alcorão que homens e mulheres são iguais em deveres e obrigações:

"Quanto aos muçulmanos e às muçulmanas, aos fiéis e às fiéis, aos consagrados e às consagradas, aos verazes e às verazes, aos perseverantes e às perseverantes, aos humildes e às humildes, aos caritativos e às caritativas, aos jejuadores e às jejuadoras, aos recatados e às recatadas, aos que se recordam muito de Deus e às que se recordam d'Ele, saibam que Deus lhes    tem destinado a indulgência e uma magnífica recompensa."  (33 Surata, versículo 35)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Muitos muçulmanos adotaram a ética judaico-cristã, que vê a mulher como fonte da tragédia humana por causa de seu papel bíblico de sedutora, que levou Adão a desobedecer ao seu Senhor. Ao convencer seu marido a comer do fruto proibido, ela não só desafiou Allah como também causou a expulsão da humanidade do Paraíso, determinando, assim, todo o sofrimento temporal humano. Aqueles que defendem este mito bíblico, se apóiam em arquivos da literatura pseudo-islâmica, como, por exemplo, alguns ahadiss falsos ou fracos.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
A mulher não esteve em nenhuma época da história antiga na posição que lhe era devida. As nações diferiram no grau de negligência e de violação aos seus direitos. O último exemplo de tal atitude foi o da Nação árabe antes do Islam. Pois meninas eram enterradas vivas por temer-se a desonra e para evitar-se seu sustento e isto é um ato excessivamente cruel.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Há no oriente hoje um movimento furioso a respeito dos direitos da mulher e demandas de completa igualdade com o homem.

No meio deste movimento comparativamente febril, alguns dos mais exaltados deliram a respeito do Islam. Uns dizem que o Islam igualou aos dois sexos em todos os assuntos.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Há 5 anos atrás, li no Toronto Star, edição de 3.7.90, um artigo intitulado "O Islam não está sozinho nas doutrinas patriarcais", de Gwyne Dyer. O artigo descrevia as reações furiosas das participantes de uma conferência sobre mulheres e poder, realizada em Montreal, aos comentários da famosa feminista egípcia, Dra. Nawal Saadawi.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Na época em que o Mundo estava envolvido em trevas, e entregue a ignorância, a revelação de Deus, se fez ouvir no vasto deserto da Arábia através de Seu mensageiro iletrado, Muhammadsaws2.gif (304 bytes) (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre Ele), uma nobre e universal mensagem para toda humanidade, diz Deus Altíssimo no Alcorão Sagrado:

''Ó humanos, temei o vosso Senhor que vos criou de um só ser, do qual criou a sua companheira e, de ambos, fez descender inumeráveis homens e mulheres.'' (4ª Surata, Nissa, versículo 1)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Brasileira muçulmana, formada em Ciências Sociais, diz que o Ocidente tem visão distorcida sobre a mulher islâmica;

Brasileira e muçulmana, Magda Aref Abdul Latif, formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo e membro do Centro de Estudos e Divulgação do Islã, acredita que o Ocidente tem uma visão distorcida sobre a mulher muçulmana. "O Ocidente sempre vê a mulher islâmica como inferior e submissa, mas o Islã sempre foi uma religião que inovou no direito das mulheres", afirma.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

No Islam não há absolutamente nenhuma diferença entre, homens e mulheres, pois ambos estão em nível de igualdade perante à Deus, sendo diferenciados somente pela sua fé em Deus, e à ambos está prometido a mesma recompensa, para as boas ações como para as más ações.

Deus o Altíssimo diz no Sagrado Alcorão:

''A quem praticar o bem, seja homem ou mulher, e for crente, concederemos uma vida agradável e premiaremos com uma recompensa, de acordo com a melhor das suas ações.'' ( 16ª Surata, An-Nahl, versículo 97)