Artigos

A Familia Muçulmana

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Irmãos e irmãs,

Bem, nem sei como começar, vou me descrever:

Meu nome é Camila Scarpati Dias, e tenho treze anos, sou como a grande parte das crianças do Brasil batizada na igreja Católica.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Agradecemos a oportunidade que vocês nos oferecem, de estarmos esclarecendo algumas questões referentes a religião islâmica.

Para nós, é muito difícil abordar o tema “Feminismo”, uma vez que para as mulheres muçulmanas é totalmente incompreensível que se tenha que lutar no mundo Ocidental, por direitos que são instituídos por Deus.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Na época em que o Mundo estava envolvido em trevas, e entregue a ignorância, a revelação de Deus, se fez ouvir no vasto deserto da Arábia através de Seu mensageiro iletrado, Muhammadsaws2.gif (304 bytes) (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre Ele), uma nobre e universal mensagem para toda humanidade, diz Deus Altíssimo no Alcorão Sagrado:

''Ó humanos, temei o vosso Senhor que vos criou de um só ser, do qual criou a sua companheira e, de ambos, fez descender inumeráveis homens e mulheres.'' (4ª Surata, Nissa, versículo 1)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Muitos muçulmanos adotaram a ética judaico-cristã, que vê a mulher como fonte da tragédia humana por causa de seu papel bíblico de sedutora, que levou Adão a desobedecer ao seu Senhor. Ao convencer seu marido a comer do fruto proibido, ela não só desafiou Allah como também causou a expulsão da humanidade do Paraíso, determinando, assim, todo o sofrimento temporal humano. Aqueles que defendem este mito bíblico, se apóiam em arquivos da literatura pseudo-islâmica, como, por exemplo, alguns ahadiss falsos ou fracos.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Desde tempos imemoriais que o Islam tem sido vítima de uma distorção deliberada por parte dos Não-Muçulmanos. O lado mais negativo de tal fato é o de que não foram apenas não-Muçulmanos que elaboraram falsas concepções relativas ao Islam; infelizmente um certo número de seguidores do Islam é incapaz de compreender a essência deste Delicado mas Abrangente Código de Vida, desde que ficaram sob o impacto da Civilização Ocidental.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

No Islam não há absolutamente nenhuma diferença entre, homens e mulheres, pois ambos estão em nível de igualdade perante à Deus, sendo diferenciados somente pela sua fé em Deus, e à ambos está prometido a mesma recompensa, para as boas ações como para as más ações.

Deus o Altíssimo diz no Sagrado Alcorão:

''A quem praticar o bem, seja homem ou mulher, e for crente, concederemos uma vida agradável e premiaremos com uma recompensa, de acordo com a melhor das suas ações.'' ( 16ª Surata, An-Nahl, versículo 97)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Brasileira muçulmana, formada em Ciências Sociais, diz que o Ocidente tem visão distorcida sobre a mulher islâmica;

Brasileira e muçulmana, Magda Aref Abdul Latif, formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo e membro do Centro de Estudos e Divulgação do Islã, acredita que o Ocidente tem uma visão distorcida sobre a mulher muçulmana. "O Ocidente sempre vê a mulher islâmica como inferior e submissa, mas o Islã sempre foi uma religião que inovou no direito das mulheres", afirma.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Deus concedeu-nos o Islam, uma religião perfeita e completa que acompanha sempre o desenvolvimento do ser humano. Na primeira publicação de “Abwabul-Bir (Capítulos das virtudes)” referimos os direitos dos pais e as responsabilidades dos filhos para com os seus pais. Agora, falaremos dos direitos dos filhos e das responsabilidades dos pais para com os seus filhos, que, na realidade são o futuro do Islam.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

O Islam libertou a mulher e dignificou-a, devolveu a mulher todos os direitos que lhe haviam sido usurpados pelos homens. O Alcorão eleva a condição da mulher e a valoriza, devolvendo a mulher o lugar que lhe é de direito no seio da sociedade:

1. No decorrer da história, a mulher sempre foi considerada a culpada pelas desgraças que assolavam o mundo. Já no Islam, a mulher não é responsável pelo pecado original de Adão, porém ambos erraram e ambos se arrependeram e foram perdoados e a descendência de Adão e Eva nada têm a expiar senão pelos próprios erros, e também afirmamos que, se um dos dois tem uma parcela maior de culpa, esse é Adão.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Hoje em dia, as pessoas acham que as mulheres ocidentais são livres e que o movimento de libertação da mulher começou no século XX. Na verdade, este movimento não foi iniciado pelas mulheres, e sim foi revelado por Deus, no século VII, a um homem de nome Muhammad (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele), que é conhecido como o último Profeta do Islam. O Alcorão e as sunnas são fontes de onde as mulheres muçulmanas tiram seus direitos e deveres.