Artigos

A Familia Muçulmana

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Há 5 anos atrás, li no Toronto Star, edição de 3.7.90, um artigo intitulado "O Islam não está sozinho nas doutrinas patriarcais", de Gwyne Dyer. O artigo descrevia as reações furiosas das participantes de uma conferência sobre mulheres e poder, realizada em Montreal, aos comentários da famosa feminista egípcia, Dra. Nawal Saadawi.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Há no oriente hoje um movimento furioso a respeito dos direitos da mulher e demandas de completa igualdade com o homem.

No meio deste movimento comparativamente febril, alguns dos mais exaltados deliram a respeito do Islam. Uns dizem que o Islam igualou aos dois sexos em todos os assuntos.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

No meio das trevas que envolviam o mundo, a revelação divina ecoou no vasto deserto da Arábia com uma nova, nobre e universal mensagem para a humanidade:

“Ó humanos, temei a vosso Senhor que vos criou de um só ser, do qual criou sua companheira e, de ambos, fez descender inumeráveis homens e mulheres.” (4ª. Surata, versículo 1).


Ponderando sobre esse versículo, podemos dizer que não há um texto, antigo ou novo, que trate da afabilidade da mulher, em todos os aspectos, com tão espantosa brevidade, eloqüência, profundeza e originalidade como esse decreto divino.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O casamento na religião  Islâmica é simples.

São necessários:

1.      Duas testemunhas;

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

É um absurdo pensar que o hijab, que faz parte da fé Islâmica, "simboliza a desigualdade sexual e o aprisionamento das mulheres". Os que têm como fonte de conhecimento os meios de comunicação ocidentais têm esta imagem.

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Desde tempos imemoriais que o Islam tem sido vítima de uma distorção deliberada por parte dos Não-Muçulmanos.


O lado mais negativo de tal fato é o de que não foram apenas não-Muçulmanos que elaboraram falsas concepções relativas ao Islam; infelizmente um certo número de seguidores do Islam é incapaz de compreender a essência deste Delicado mas Abrangente Código de Vida, desde que ficaram sob o impacto da Civilização Ocidental.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Quando nos casamos, não estamos só levando uma esposa, mas um mundo inteiro. De agora em diante, até o final de nossos dias, a esposa será nossa parceira, companheira e melhor amiga. Ela partilhará nossos momentos, nossos dias, nssos anos, nossas alegrias e tristezas,  sucessos e fracassos,  sonhos e receios.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

No Islam não há absolutamente nenhuma diferença entre, homens e mulheres, pois ambos estão em nível de igualdade perante à Deus, sendo diferenciados somente pela sua fé em Deus, e à ambos está prometido a mesma recompensa, para as boas ações como para as más ações.

Deus o Altíssimo diz no Sagrado Alcorão:

''A quem praticar o bem, seja homem ou mulher, e for crente, concederemos uma vida agradável e premiaremos com uma recompensa, de acordo com a melhor das suas ações.'' ( 16ª Surata, An-Nahl, versículo 97)

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

No Islam não existe qualquer diferença entre homens e mulheres, uma vez que as relações entre eles foram estabelecidas por Deus, que prometeu a mesma recompensa pela prática do bem e a mesma punição pela prática do mal.


O Alcorão, ao dirigir-se aos crentes, muitas vezes usa a expressão "os fiéis e as fiéis" para salientar a igualdade entre homens e mulheres, no que se refere aos seus respectivos deveres, direitos e méritos.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Influenciada pela campanha anti-islâmica orquestrada pelos agentes do imperialismo atuante inclusive no Brasil, resultou em uma impressão da mulher muçulmana que era carregada de submissão irracional, escravidão e enclausuramento forçado.

Impressão está que tem boa parte de suas ocas fundações ou nas fantasias hollywoodianas carregadas de erotismo, luxuria e mercantilização da mulher como por exemplo a visão dos haréns recheados de beldades irracionais e subumanas fornecida pela grande farsa da leitura oriental chamada de As Mil e Uma Noites.