Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Disse Deus no Alcorão Sagrado: “Pela Aurora * E pelas dez noites.” {Alcorão 88:1-2}, disse Ibn kathir na explicação deste versículo: é uma referencia aos 10 primeiros dias do mês de Dhu’l Hijjah, como foi dito também por Ibn Abbas, Ibn Zubair, Mujahid e muitos outros.

Foi narrado por Ibn 'Abbas –que Deus esteja satisfeito com ele- que o Profeta –que a Paz e a benção de Deus estejam sobre ele- disse: "Não existem dias em que as boas obras são mais amadas por Deus do que estes dez dias”. Eles disseram: "Nem mesmo a luta pela causa de Deus?" Ele disse: "Nem mesmo a luta pela causa de Deus, exceto um homem saia para lutar, seu corpo e sua riqueza com ele e volte sem nada.” [Citado por Al-Bukhari, 2/457]

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

- Definitivamente, não existe uma afirmação maior e mais importante do que "La ilaha illa Allah" (não há divindade que mereça ser adorada senão Allah).

- É a afirmação da declaração de fé no Tawhid de Allah, que é a linha divisória entre Iman e kufr. Ela foi a convocação de todos os Mensageiros e Profetas anteriores.

- O próprio Allah atestou a importância desta afirmação no Alcorão.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

É um termo em árabe que não possui um equivalente no nosso idioma, por ter uma série de significados, dentre eles: crescer, aumentar e purificação. O Zakat foi ordenado por Deus no segundo ano da Hégira na cidade de Madina.

"E lhes foi ordenado que adorassem sinceramente a Deus, fossem monoteístas, observassem a oração e pagassem o Zakat; esta é a verdadeira religião." (Alcorão Sagrado 98:5)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
É um termo em árabe que não possui um equivalente no nosso idioma, por ter uma série de significados, dentre eles: crescer, aumentar e purificação. O Zakat foi ordenado por Deus no segundo ano da Hégira na cidade de Madina.
 
"E lhes foi ordenado que adorassem sinceramente a Deus, fossem monoteístas, observassem a oração e pagassem o Zakat; esta é a verdadeira religião." (Alcorão Sagrado 98:5)

"Praticai a oração, pagai o Zakat e genuflecti, juntamente com os que genuflectem." (Alcorão Sagrado 2:43)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O testemunho é a proclamação de fé, é a chave que faz com que o ser humano ingresse no Islam. Ele se dá, em primeiro lugar, pela aceitação do seu significado pelo coração e pela razão, eliminando, dessa forma, a dúvida, e em segundo lugar, pelo seu pronunciamento através da fala.

O testemunho engloba a crença Islâmica, quando pronunciamos a primeira parte que é:

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A oração é a primeira das adorações instituídas por Deus no Islam. E tamanha é a sua importância que foi a única que não foi transmitida ao profeta Muhammad S.W.S. (que a Paz e a Bênção de Deus estejam sobre ele), através do arcanjo Gabriel aqui na terra. A sua transmissão se deu no céu, feita diretamente por Deus ao Seu Mensageiro, nos eventos conhecidos como Al Isrá (A viajem noturna) e Al Miráj (A ascensão).

A oração é citada no Alcorão mais de 117 vezes, a sua finalidade está expressa neste versículo.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O Hajj nos tempos pré-islâmicos

A primeira vez que o Hajj foi ordenado, foi na época de Abraão (as), mas, com o passar do tempo, ele foi distorcido.

O Hajj transformou-se em um lugar onde os poetas recitavam elogios tribais ou satirizavam outras tribos. Eram realizadas competições liberais, com o objetivo de uma tribo ser exaltada em toda a Arábia.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

OBS: No final do texto encontra-se um glossário com o significado alternativo aos contidos dentro dos parênteses dos termos árabes.

Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso

Deus seja louvado, Senhor do Universo. Que a paz e as bênçãos estejam com Muhammad, o último dos profetas e mensageiros e sobre sua família e companheiros estimados.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Louvado seja Deus.

1. É o dia em que a religião foi aperfeiçoada e as Bênçãos de Deus foram completadas.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A Descrição do Mérito do Jejum

Deus, Louvado seja, disse:

"Ó crentes, está-vos prescrito o jejum, tal como foi prescrito a vossos antepassados, para que temais a Deus. Jejuareis determinados dias; porém, quem de vós não cumprir o jejum, por achar-se enfermo ou em viagem, jejuará, depois, o mesmo número de dias. Mas quem, podendo cumprir este preceito, o quebrar, redimir-se-á, alimentando um necessitado; porém, se fizer isto espontaneamente será melhor. Mas, se jejuardes, será preferível para vós, se quereis sabê-lo. O mês de Ramadan, em que foi revelado o Alcorão, orientação para a humanidade e evidência de discernimento e orientação. Por conseguinte, quem de vós presenciar o novilúnio deste mês deverá jejuar; porém, quem se achar enfermo ou em viagem jejuará, depois, o mesmo número de dias." (2:183-185)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

1- Quando a pessoa estiver enferma:
 
 Caso a pessoa esteja doente, poderá deixar de jejuar até se restabelecer ou, caso o médico ache que o jejum dificulta a cura do paciente, ele também deverá parar o jejum até se curar, devendo repor os dias não jejuados, quando estiver gozando de boa saúde. Esta reposição não precisa ser feita imediatamente após o mês de Ramadan, ou de forma contínua, e terá como prazo para esta reposição até o último dia antes do início do próximo mês de Ramadan.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Jejum é um dos pilares do Islam, e tem sido uma parte integral de todas maiores religiões. O Profeta Jesus (que a paz esteja com ele) jejuou por 40 dias antes de ser chamado para profetização (Mt 4:2). Similarmente o Profeta Moisés (que a paz esteja com ele) jejuou 40 dias e 40 noites antes de lhe ser dada a Lei (Ex. 24:18).