Warning: Parameter 3 to PlgContentGeekutility::_renderDisqus() expected to be a reference, value given in /home/wamy/www/wamy/plugins/content/geekutility/geekutility.php on line 252

Warning: Parameter 3 to PlgContentGeekutility::_renderFbcomment() expected to be a reference, value given in /home/wamy/www/wamy/plugins/content/geekutility/geekutility.php on line 252

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Diversos são os atos que anulam as abluções. Nesse caso, deve-se, obrigatoriamente, repeti-las. Tais atos são:


1 - A saída de excrementos, urina, gazes, corrimento, ou mesmo alguma incontinência transitória. Quando alguém é acometido por alguma enfermidade crônica, isso não anula as abluções, mesmo que surja alguma secreção durante a oração, porem, essa pessoa devera fazer sempre as abluções, antes de praticar a oração.

2 - Dormir um sono profundo. Quem cochila sentado, como por exemplo, alguém que chegue cedo e, ao ficar à espera do inicio da oração, cochile, não terá as abluções anuladas.

3 - O desmaio a perda da consciência, provocada por qualquer razão, seja, por exemplo, por um acesso de loucura, pela embriagues ou pelo uso de alguma substancia tóxica ou entorpecente.

4 - O contato voluntário com a mulher, com seguidas intenções.

5 - Tocar os próprios órgãos genitais ou os de outra pessoa expressa e diretamente, sem a proteção das vestes.

6 - O vomitar.

Obs: Se você tiver certeza de ter feito bem as suas abluções, mas, depois disso, sentir alguma possível impureza, sem, no entanto, ter absoluta certeza dela, isto não anulará, as abluções porque, “a duvida não anula a certeza”.

 

O Banho Completo

Este consiste em fazer fluir água limpa por todo o corpo, inclusive pelos cabelos.
Essa é a melhor maneira de limpar o corpo, purificando-o de todas as impurezas e reavivando-o com o banho saudável e agradável.


Quando é Necessário o Banho Completo?


O banho completo é necessário nos seguintes casos:

1 - Quando tiver ocorrido ejaculação de esperma, acompanhada de uma sensação de prazer, mesmo que tenha sido causada tão-somente pela imaginação.

2 - Quando tiver havido contato entre os órgãos genitais de um homem e os de uma mulher, mesmo que tenha ocorrido ejaculação.

3 - A ejaculação durante o sono, tanto para o homem como para a mulher, requer o banho completo se ao acordar, a pessoa encontrar restos de sêmen, na roupa ou na cama, porem, se o sonho não tiver sido acompanhado de ejaculação, não havendo traços visíveis que a denunciem, não é necessário banhar-se.

Uma tradição diz, efetivamente: “A água é necessária para purificar-se do sêmen”. Insistimos em que se, ao levantar-se a pessoa encontrar indícios de ejaculação, mesmo sem a ter visto ou percebido durante o sonho, é necessário banhar-se.

4 - A mulher, ao terminar seu período menstrual, deve banhar-se.

5 - A mulher que tenha dado à luz deve banhar-se, por completo, quarenta dias após o parto (no termino do resguardo). Porem se a hemorragia dos pós-parto se interromper definitivamente antes de se passarem os quarentas dias, então ela devera se purificar, banhando-se, e não se exige que espere o fim da quarentena.

6 - Quando alguém ingressa no Islam, manda-se lhe banhar depois de haver declarado sua conversão.

 

Como se Faz o Banho Completo?

Tento sido preparado à água entra-se na sala de banho, com a intenção expressa de se desfazer da impureza.

Recomenda-se que se lavem principalmente as mãos, três vezes, em seguidas lavam-se as partes pudicas e, após isto, completa-se o banho de todo o corpo.

Fazem-se primeiramente as abluções, deixando a lavagem dos pés para o final. Joga-se água sobre a cabeça, três vezes como as mãos em concha, passando os dedos por entre as raízes do cabelo.

Depois se faz correr água por todo o corpo, esfregando-o, exceto pelas saídas naturais (o órgão genital e o ânus).

O banho completo se faz, também, por imersão em um rio, no mar ou em qualquer outra água, desde que seja limpa, depois de se ter formulado a intenção e feito as abluções, incluindo o bochechar da boca e a lavagem do nariz pela inspiração e expiração de água. Do mesmo modo se faz, quando se toma banho de chuveiro. Tentam-se correr água por todo o corpo, lavam-se os pés, agradecendo a Deus e louvando-O pela sensação de bem-estar resultante, dizendo:
“O Deus! Faze com que seja um dos que não cessam de se voltar arrependidos, para Ti, e um dos que não cessam de purificar-se”.

 

Obs: 1 - Aquele que for banhar-se deve cobrir as suas partes pudicas, a não ser que esteja sozinho ou então completamente imerso na água, de modo que elas não sejam visíveis. Neste caso pode despir-se totalmente.

2 - Não é permitido, a quem se banha, desperdiçar água, mesmo que o faça à beira de um rio. Isto é proibido pela legislação islâmica, para que as pessoas não se habituem ao desperdício, pois quem o comete esta obedecendo ao diabo e desobedecendo ao Graciosíssimo, uma vez que Deus ordenou a economia em todas as coisas.